As ondas do ECG

Relação entre o ECG e a eletrofisiologia.

Agora aprenderemos a relação entre as ondas do ECG e a despolarização cardíaca.


Qual a primeira onda do ECG?

A onda P

O que é o marcapasso cardíaco ?

É a área que primeiro se despolariza no coração, iniciando a onda de despolarização.


Onde normalmente fica o marcapasso cardíaco?

Na região posterior superior do átrio direito

(posteriormente à união entre a veia cava

superior e o átrio direito)

É o local chamado de Nó Sinusal. Observe:

Início da despolarização atrial

Note que: 

O marcapasso é a primeira parte a se despolarizar, podendo estar nos ventrículos, nó átrio-ventricular e mesmo átrio esquerdo! 

Conceitos

O marcapasso normalmente se localiza no átrio direito (AD).

O AD e posteriormente o átrio esquerdo serão os primeiros a se contrair, ajudando na chegada de sangue para os ventrículos.

O átrio esquerdo se contrai logo depois do início da despolarização do AD, sendo que os dois se contraem juntamente por um bom período.

Observe:

O que é a onda P?

É a representação gráfica da despolarização dos átrios!

Como identificar a onda P?

É a primeira onda do ECG, de forma

arredondada e com pequeno entalhe.

Por que o entalhe na onda P?

Isso se deve à despolarização ser feita primeiro no átrio direito (AD) e depois no átrio esquerdo (AE).

Nódulo átrio ventricular (AV)

O que é o nó AV?

É um conjunto de fibras cardíacas que atrasa a passagem do estímulo de despolarização dos átrios para os ventrículos.

Onde fica o nó AV?

Posterior à válvula tricúspide (valva entre o AD e o ventrículo direito), entre o átrio E e o átrio D. 

Observe:

Nódulo átrio ventricular (AV)

Ok, mas pra que serve o nó AV?

Se o estímulo passasse imediatamente para os ventrículos não haveria tempo para que o sangue bombeado pelos átrios chegasse aos ventrículos.

O nó AV resolve esse problema promovendo um atraso na contração ventricular, permitindo que o sangue possa ir aos ventrículos sem estes estarem contraídos.

Essa pausa é notada no ECG por uma linha após a onda P (segmento PR)


Intervalo PR x segmento PR

Qual a diferença entre intervalo PR e segmento PR?

INTERvalo PR conta com o tempo da onda P; é o maior e, como veremos, o mais útil.

Mnemônico (mentiroso?)

Para lembrarmos podemos fazer uma analogia com o Maior e mais importante time de futebol do Brasil! O Internacional!


Mnemônico (correto)

Para memorizarmos podemos fazer a analogia que um segmento de reta não pode ser curvo, ou seja o segmento PR não tem curva (não engloba a onda P).


Complexo QRS: a despolarização ventricular

Complexo QRS: complexo só no nome

O que é o QRS?

É a representação gráfica da despolarização ventricular (abertura dos canais de sódio)

Quais as ondas do QRS?

A primeira, se negativa (para baixo), é a onda Q.

A onda positiva (para cima) é a onda R.

A onda negativa depois da R é a ...(não é muito difícil pensar) onda S.


Segmento ST: a sístole ventricular

O que significa o segmento ST?

Após a entrada de sódio nas células dos ventrículos (despolarização representada pelo QRS), há a entrada de cálcio promovendo a contração ventricular. Durante segmento ST, o ventrículo estará se contraindo!


Segmento ST: a sístole ventricular

Note que a sístole corresponde à entrada de íons Ca+ na célula do miocárdio. 

As células nesse momento estarão na fase 2 da despolarização.


Onda T: início da diástole ventricular

A animação parece estar errada, mas não!

1- despolarização cardíaca = complexo QRS

2- contração cardíaca = segmento ST

A onda T só aparece após a:

3- Repolarização = onda T

e aí sim, quando no desenho observamos a repolarização

(desaparecimento da cor amarela), é que surge a onda T.


Onda T: abertura dos canais de potássio

Células do músculo cardíaco durante a onda T abrirão os canais de pótassio.

O potássio, que é muito mais numeroso dentro da célula, sairá fazendo com que esta volte a ficar mais negativa (repolarizada).


Onda U: repolarização das fibras de purkinje?

O que é a onda U?

É a onda que ocorre após a onda T, tendo 5 a 25% da voltagem de T.


Mais notada em indivíduos bradicárdicos (frequência cardíaca baixa).

O que significa a onda U?

Tem origem duvidosa! (ninguém sabe)

Figura para atividades interativas:

Parabéns, 

você conseguiu relacionar a eletrofisiologia com o nome das ondas e o traçado eletrocardiográfico.

Descrição

0 Comentários